segunda-feira, 18 de março de 2013

Cinquenta Vergonhas de Cinza

de Fanny Merkin (Editora Novo Século)

Sempre que surge uma boa história e o livro se torna um best seller surgem as adaptações, cópias descaradas e paródias. Com a trilogia de sucesso 50 tons de cinza não foi diferente, e com  certeza Fanny Merkin (que na verdade se chama Andrew Shaffer) aproveitou bem a onda. O livro conta a história de Anna Steal, que deve entrevistar um ricaço no lugar de sua amiga que está doente, e acaba conhecendo Earl Grey, lindo, rico, e cheio de vergonhas do tipo gostar de Nickelback e fazer suas compras no Wal Mart. Além disso ele gosta de fazer coisas más com mulheres e Anna que é toda inocente acaba caindo na teia dele. As referências da história são hilárias e variam de O Senhor dos Anéis e Crepúsculo a Jersey Shore, em algumas partes isso é dificil de acompanhar, mas ela conta uma história divertida. 
Nenhuma parte é hilária, ou absurdamente engraçada, e em outras as cenas são tão absurdas que não tem graça nenhuma, mas deve ser esta a moral de uma paródia, acredito eu, não levar nada a sério. Esse é pra ler despreocupadamente, e claro sem dar bola para as provocações a quem é fã da série original. 

1 comentários:

Luh Ciecelski disse...

Deve ser bem legal! Gostei da dica :)

Postar um comentário

Conteúdo Relacionado

© 2011 Uma Leitora, AllRightsReserved.

Designed by ScreenWritersArena