sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Marcada

de P.C. Cast e Kristin Cast (Editora Novo Século)


O livro surpreende desde o começo. Confesso que pensei "Claro, mais um livro de vampiros", não que eu não goste, muito pelo contrário, mas o gênero está sendo muito explorado ultimamente e encontrar qualidade se torna difícil.
Na história, os vampiros não se transformam ao serem mordidos, não existem causas para que eles se transformem, durante a adolescência simplesmente alguns seres humanos começam a transformação e os cientistas não encontrarm explicação, nem cura. Assim acontece com Zoey a personagem, que após ser encontrada por um rastreador, como uma pré-vampira, é marcada na testa com a lua crescente, sinal que os vampiros carregam. Depois desta descoberta ela é encaminhada para um colégio interno para vampiros, onde se aprende o que vai ajudar a passar pela tranformação (algumas pessoas mais fracas morrem durante este processo), e quando forem vampiros adultos. Porém, para Zoey, descendente dos índios Cherokee, tudo parece ser mais difícil desde o começo já que sua marca é incomum, e sendo a novata isso torna sua adaptação pior.
Toda a história é carregada de um sentimento religioso, de religião antiga, meio celta, meio wicca, e os rituais da história de invocação aos elementos lembram histórias dos índios norte-americanos e o paganismo. A magia também tem um papel interessante.
No geral aprovei e fui surpreendida pelas inovações que as autoras criaram em relação aos vampiros, originalidade é muito importante. Algumas partes são maçantes, outras engraçadas e o diálogo jovem é realmente muito bom. Me decepcionei apenas ao saber que as autoras já escreveram até o 7º livro, o 8º está em andamento, e elas pretendem escrever até o 12º!

5 comentários:

Paula disse...

Estou doida para ler o livro, e com certeza sua resenha me deixou com mais vontade ainda !!!
Está de parabéns pelo blog viu ;)
beijoss

Paola Severo disse...

Obrigada Paula! Volte sempre!

Gabriel Barros disse...

Não conhecia ainda esse livro, mas adorei a resenha! A questão de misturar magia e vampirismo não é nova, porém a forma apresentada no livro é. Trazer os ideais Wicca para o conhecimento dos leigos é bom, ainda por cima mascarado em uma literatura como essa.

Parabéns!

NATHI disse...

gostei da sua resenha; eu já estava querendo ler o livro e agora a vontade só aumentou hehe muito legal, parabens! Continue escrevendo,você tem talento!

Paola Severo disse...

Obrigada Nathi, até emocionei agora :)

Postar um comentário

Conteúdo Relacionado

© 2011 Uma Leitora, AllRightsReserved.

Designed by ScreenWritersArena