quinta-feira, 8 de julho de 2010

O Caderno de Noah

de Nicholas Sparks (Editora Objetiva)


Quando terminei de ler este livro não consegui parar de chorar durante uns bons quinze minutos, não só porque a história é muito boa (e ela é), mas principalmente pela ligação pessoal que a gente acaba criando com a vivência dos personagens e o vínculo que se cria é muito especial.
Nicholas, o autor surpreende pela sua delicadeza e por ser muito romântico, concordo com as comparações entre ele e Robert James Waller, autor de 'As Pontes de Madison', ambos são exemplos de leituras romanticas e sensíveis mas não exclusivamente femininas.
O Caderno de Noah conta a história de Noah e Allie adolescentes que se conhecem durante as férias e se apaixonam. Tudo bem até aí, mas(sempre tem um mas) eles pertencem à classes sociais distintas, Allie é rica e sofisticada enquanto Noah é pobre e simples. Eles acreditam que seu amor é maior que isto mas no fim do verão Allie é forçada à ir embora e eles não se veem mais. Ente sentimento permanece adormecido durante 14 anos, mas Allie noiva de um rico advogado descobre uma notícia de jornal e volta para a pequena cidade de New Bern à sua procura. Eles se reencontram e a amor antigo volta à tona.
Porém, não é só isso. Quem está contando a história é um octagenário Noah, que lê a história de suas vidas para que uma Allie sofrendo do mal de Alzheimer lembre-se de quem é e volte para ele.
A força deste amor encanta a alma. Eu assisti o filme 'Diário de uma Paixão', baseado na obra, antes de ler o livro e digo que ele é bem fiel, talvez seja muito explícito em alguns momentos em que no livro ficam dúvidas, no entanto os atores principais (Rachel McAdams e Ryan Gosling) souberam passar muito bem o sentimento do casal protagonista tanto na juventude o amor apaixonado quanto no reencontro depois de tantos anos de separação.
é o tipo de história que ocupa espaço na mente e leva muito tempo para ser esquecida.

7 comentários:

cássia vicentin disse...

Eu quero muito ler esse livro, tô quase lendo pelo computador mesmo x.x Sempre choro quando vejo o filme. beijos

Paola Severo disse...

é mesmo muito bom, tanto o livro quanto o filme. ;)

Tatiana disse...

Estou LOUCA pra ler esse livro! Por incrível que pareça, eu ainda não vi o filme, e queria ler o livro antes de ver a adaptação... Mas já que vc disse que é bem fiel, quem sabe eu não o alugo logo? ^^

Beeijo! ;3

Paola Severo disse...

Acho que este é um dos raros casos em que ver o filme não estraga a leitura do livro e vice-versa. Ambos são muito bons, mas tem suas qualodades individuais. :)

Patty Martins disse...

Eu sou simplesmente apaixonada pelo filme, e queria muito ler o livro, mas já procurei tanto e não acho em nenhum lugar aki no Brasil, só naquelas ediçoes cortadas da Riders Digest... e não queria ler em e-book. O jeito é esperar alguma editora lançá-lo de novo por aqui...
bjos

Camyla disse...

ain eu quero muiiiiiiiiito ler esse livro, so o filme não baSTA pra mim

Paola Severo disse...

O livro é tão bom quanto, se não melhor que o filme!

Postar um comentário

Conteúdo Relacionado

© 2011 Uma Leitora, AllRightsReserved.

Designed by ScreenWritersArena