quarta-feira, 6 de julho de 2011

Beastly

de Alex Flinn (Editora Harper Teen)

O livro começa contando a história de Kyle Kingsbury, filho de um apresentador de TV relativamente famoso de Nova York, e tudo o que um garoto quer ser no ensino médio, rico, bonito, popular, tem uma gata caída por ele, a vida perfeita. Mas ele se importa só com estas aparências, e assim magoa a todos que estão a sua volta sem se importar, é totalmente arrogante. É quando a vingança poética chega, uma bruxa (para a qual ele fez uma maldade) coloca um feitiço nele, eles se transformará em uma besta, segundo o livro "não é bem lobo ou urso, gorila ou um cão, mas uma criatura horrível". Ele terá dois anos para encontrar alguém que o ame assim como ele é, que se apaixone e que o beije, e que ele também ame, ou será condenado a ter esta aparência para sempre. Ele é então isolado em uma casa, para que o mundo não o veja, e seus contatos são a empregada e seu turo - e um bizarro mas muito engraçado chat com outros "enfeitiçados" uma sereia, um menino lobo, um príncipe transformado em rã, por ai...
É quando Lindy entra em sua vida, uma garota que conheceu antes de se transformar e para a qual nunca deu nenhuma atenção, e ele talvez terá uma nova chance de voltar a ter uma vida e uma aparência normal, tendo aprendido a sua lição.
Deve estar soando "eu conheço isso de algum lugar", claro! Por que é uma versão moderna de A Bela e a Fera, um dos contos de fadas clássicos mais amados no mundo. Claro que muita coisa é diferente, mas a inpiração é óbvia. Alex Flinn (parece nome de homem, mas é uma mulher) escreve de uma maneira bem leve a fácil de acompanhar, e a narrativa tem as suas partes deprê a as partes engraçadas. É um livro para ler assim, meio sem compromisso, sabe? Que você pega como quem não quer nada e quando vê já está envolvida na estória e quer saber o que vai acontecer em seguida e como tudo vai terminar. O enredo pode ser um pouco clichê e ter algumas partes que poderiam ser um pouco mais desenvolvidas em que a contrução deixou um pouco a desejar. 
A adaptação para o cinema (que eu ainda não vi), vai ser lançado aqui no Brasil em setembro,se chamará A Fera, foi dirigido por Daniel Barnz, e tem nos papéis principais Vanessa Hudgens e Alex Pettyfer. Já começa que a fera não é como no livro, é só umas tatuagens e cicatrizes, mas como não vi o filme não vou opinar. 
No geral o livro vale a leitura, ele é divertido e interessante ao mesmo tempo, e vem na onde de revitalização dos contos de fadas (como a Garota da Capa Vermelha - chapeuzinho vermelho), mas não crie expectativas muito grandes, só leia, vale a pena!

Trailer

4 comentários:

Niii disse...

ain,
vontade de pegar meu livro NOW!
ÓTIMA resenha!

bjs

Camila disse...

Oii.

Eu vi o filme já, e posso dizer que eu Ameiii *-* o filme é realmente muito bom :) e fofooo *-*
Tenho muita vontade de ler o livro, ele pareçe ser bem legal, e pelo oque você falou pela resenha, ele pareçe ser um pouco diferente do livro .

Beijos

Camila Soares
The World Of Books

Luana Farias disse...

Quero ver e ler esse livro, parece ser muito bom (ok, ver o livro foi horrivel mas deu pra entender né?), e interesante.

bjs

Paola Severo disse...

é muito bom o livro gurias!

Postar um comentário

Conteúdo Relacionado

© 2011 Uma Leitora, AllRightsReserved.

Designed by ScreenWritersArena